Reúso de Águas: estratégias, métodos e técnicas

Em 2013, o Brasil iniciou o seu mais longo processo de seca severa, que se arrasta até os dias atuais, apresentando seu pior momento no período entre os anos iniciais, até o ano de 2017. Pela primeira vez, esse processo se iniciou de maneira mais presente na região sudeste brasileira, sendo essa, aquela que apresenta maior desenvolvimento socioeconômico no país. Como consequência, observou-se nesse período, um agravamento dos danos ambientais, sociais e econômicos, principalmente no setor de abastecimento público. Na região do semiárido brasileiro, que abrange os estados da região nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe), além do norte do estado de Minas Gerais, a seca se faz presente ao longo de toda a sua história, levando essa região a um dos mais baixos índices de desenvolvimentos socioeconômicos do país, juntamente com a região norte. Importante destacar que, apesar do estresse hídrico que tem sido enfrentado no Brasil nos últimos anos, o país é detentor de 12% de toda a água doce disponível no mundo. Apesar de o país possuir grandes reservas de água, seu potencial hídrico não é distribuído de maneira homogênea. Aliado a esse quadro, o cenário insatisfatório em relação ao saneamento ambiental no Brasil, somado à gestão inadequada sobre o uso racional e a conservação de água, levaram o país, nação com umas das maiores disponibilidades hídricas do mundo, à falta de água para abastecimento humano, industrial, irrigação e demais. Atualmente no Brasil, pouco se avançou em relação ao reuso de efluentes tratados, até mesmo em usos menos nobres, mesmo sabendo-se que a adoção da pratica de reuso pode contornar o problema de estresse hídrico.

Assim, nesse encontro, serão apresentadas estratégias, métodos e técnicas relacionadas ao reuso de águas, perfazendo os seus aspectos gerais, tipologias de reuso, critérios de qualidade requeridos, aspectos legais, normativos e norteadores, experiências praticas no Brasil e no mundo, além de tecnologias e fluxogramas possíveis para a produção de água de reuso.

Palestrante(s)

  • ANA SILVIA PEREIRA SANTOS
    D. SC. ANA SILVIA PEREIRA SANTOS Doutora em Engenharia Civil e Ambiental - COPPE - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Engenheira Civil - Universidade Federal de Minas Gerais. Atu... Doutora em Engenharia Civil e Ambiental - COPPE - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Engenheira Civil - Universidade Federal de Minas Gerais. Atua em projetos de engenharia aplicados ao saneamento ambiental, esgotamento sanitário, tratamento de águas residuárias, gestão de resíduos sólidos e controle de poluição das águas. Ainda leciona disciplinas de Pós-Graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental. Veja Mais Voltar

Reúso de Águas: estratégias, métodos e técnicas
  • 16/10/2019 19:00
  • Sede INBEC Rua Joaquim Nabuco - 2906 - Dionísio Torres - 60125-121, Fortaleza - CE

Entrada: 01 LATA DE LEITE

Inscrever-me

Educar, formar e preparar Profissionais dentro das normativas aplicáveis ao ensino superior.