CURSO DE ORÇAMENTO DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO PESADA E INFRAESTRUTURA (NOVO SICRO E BDI)

Extensão
 /   /  Presencial

Justificativa

A grande competitividade no mercado atual é um fato e exige que empresas e profissionais sejam cada vez mais eficientes como forma de poderem obter ganhos em suas áreas de atuação. A elaboração de um orçamento confiável é determinante para que a empresa obtenha ganhos e não seja surpreendida com perdas de faturamento ou custos adicionais que podem ser evitados com a correta elaboração de um orçamento. Neste curso é apresentada uma metodologia para elaboração de orçamentos de obras de engenharia com correção e confiabilidade. No curso são destacadas as peculiaridades dos orçamentos de obras de construção pesada, com foco nas obras rodoviárias e emprego da base de dados e metodologia adotada pelo Governo Federal (Novo SICRO) em conformidade com a legislação vigente e conceitos da Engenharia de Custos.


Deseja receber mais informações sobre este curso?

Objetivos

Apresentar e praticar conceitos, procedimentos e técnicas empregados na elaboração do Orçamento de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura, com foco nas Obras Rodoviárias e na atual metodologia de orçamentação adotada pelo Governo Federal, o Novo SICRO, principal referência nacional para obras de Construção Pesada.

Apresentar e praticar metodologia para elaboração de orçamento com correção e confiabilidade, de acordo com os conceitos da Engenharia de Custos, a Legislação do Governo Federal e recomendações do TCU.


Público Alvo

Engenheiros, arquitetos, estudantes e demais profissionais da iniciativa ou de órgãos públicos, que precisem elaborar, interpretar ou analisar orçamentos e propostas de preços, bem como analisar, emitir parecer sobre ou calcular valor de pleitos (Claim) em Obras de Construção Pesada, seja com o enfoque do construtor, contratante ou auditor.


Clique e Solicite o conteúdo detalhado deste curso
ORÇAMENTO DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO PESADA E INFRAESTRUTURA (NOVO SICRO E BDI)

-  A Orçamentação no contexto do Gerenciamento de Obras de Engenharia, sua importância para a saúde financeira do contrato e sucesso na entrega da obra em foco.

- Conceitos básicos, Legislação de Referência, informações necessárias e levantamento de dados para elaboração de orçamentos de obras de engenharia 

- Formação do Preço de Venda

- Estimativa de Custos X Orçamento X Proposta de Preços  Orçamento de Referência   

- Sequência de Trabalho e Metodologia para elaboração de orçamento com correção e precisão

- Fluxogramas do Planejamento e da Orçamentação. 

- Relação entre o Orçamento e o Planejamento da Obra: a Elaboração do Orçamento como etapa do Planejamento da Obra.

- Tipos de orçamento: critérios para classificação, conceitos, aplicação e emprego. 

- Composição mínima do Orçamento Detalhado.

- Estrutura de Custos e Preços de Obras de Engenharia. 

- Elaboração da Planilha Orçamentária e Levantamento de Quantidades: Critérios de Medição e Memória de Cálculo de Quantidades.

- Composições de custo: tipos, interpretação, análise, elaboração, emprego e bases de dados de referência. 

- Custo unitário de serviços: referências, cálculo, definição, emprego.

- Cálculo do Custo da Mão de Obra: Salários, Encargos Sociais, Encargos complementares, Adicionais Legais e Benefícios, etc. 

- Cálculo do Custo de Materiais: aquisição, transporte, impostos, perdas, carga, equalização de propostas, etc.

- Mobilização, desmobilização, administração local, instalações e canteiro (Visão Geral, conceitos e composições de referência)

- Tributos aplicados às obras e serviços de engenharia  

- Composição, valores de referência e metodologia para cálculo do BDI, inclusive BDI Diferenciado e interpretação das referências legais e recomendações do TCU

- Composição e metodologia para cálculo do Índice de Encargos Sociais (Visão Geral, interpretação e emprego) 

- Classificação ABC, Cronograma Físico-Financeiro e Curva “S”: interpretação e emprego

- Implicações da legislação vigente para emprego das bases de referência do Governo Federal na contratação de obras e serviços de engenharia (SICRO, SINAPI e outros Sistemas de Referência)

- Observações, peculiaridades, impacto da legislação vigente, recomendações e decisões do TCU na elaboração de Orçamentos de Referência e Propostas de Preços 

- Metodologia de orçamentação utilizada pelo DNIT (NOVO SICRO);  

- Tabelas publicadas pelo DNIT: obtenção, interpretação e emprego;

- Manuais Técnicos, Especificações Técnicas e critérios de medição de serviços adotados pelo DNIT: obtenção, interpretação e emprego;  

- Produção de equipe mecânica;  

  • Formulário para cálculo e Tabelas Auxiliares;  
  • Fórmulas, variáveis e cálculo da produção horária de equipamentos;  
  • Bases de dados de referência;  
  • Exemplo de cálculo;  
  • Tempos Produtivo e Improdutivo; 

- Composições de custo empregada pelo NOVO SICRO: interpretação, análise, elaboração, emprego e bases de dados de referência 

- Custo horário de equipamentos e veículos;

  • Custo Produtivo e Improdutivo;  
  • Custo fixo: depreciação, juros, impostos e seguro;
  • Custo de manutenção: interpretação, emprego, fórmula e coeficientes; 
  • Custo de operação (mão de obra e material): interpretação, emprego, fórmulas e parâmetros;  
  • Custo de locação: garantia de horas mínimas, parcelas incluídas, análise de viabilidade, etc.; 

-  Custo de transportes;

  • Tipos e formas de cálculo;  
  • Custo por hora, quilômetro, mês e unidade de transporte; 
  • Equação de custo de transporte; 
  • Custo de transportes especiais; 
  • Ajuste de parâmetros às condições da obra;  

- Custo de Materiais asfálticos: aquisição, transporte;  

- Fator de Influência da Chuva: metodologia NOVO SICRO, interpretação, cálculo e emprego;

- Fator de Interferência do Tráfego: metodologia NOVO SICRO, interpretação, cálculo e emprego;

- Análise e comentários sobre as principais mudanças e inovações incorporadas com o NOVO SICRO

- Aplicação da metodologia do NOVO SICRO em outras obras de construção pesada e processos de PLEITOS

- Exemplo de aplicação e prática dos conceitos e técnicas apresentados em parte de uma obra de referência como estudo de caso

- Debates com os participantes e esclarecimento a dúvidas


20h

M. SC. FRANCISCO DAS CHAGAS FIGUEIREDO
FRANCISCO DAS CHAGAS FIGUEIREDO
Titulação: MESTRE

Mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense, Engenheiro de Fortificação e Construção pelo IME, Engenheiro Militar da Reserva do Exército Brasileiro. Certificado por Notório Saber em Engenharia de Custos pelo Instituto Brasileiro... Mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense, Engenheiro de Fortificação e Construção pelo IME, Engenheiro Militar da Reserva do Exército Brasileiro. Certificado por Notório Saber em Engenharia de Custos pelo Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos e International Cost Engineering Council (ICEC). Autor da Metodologia para Elaboração de Orçamento de Obras e Serviços de Engenharia (adotada pelo Exército em 2005 e aprovada pelo TCU em 2010) e de diversos trabalhos técnicos para regular elaboração de planejamento, controle e apropriação de custos em obras de engenharia. Co-autor da OT-004/2013 - IBEC - Elaboração de Estimativas de Custos de Referências de Obras Públicas: Versão para Órgãos Contratantes. Autor de estudos sobre Custos de Administração Local em Obras Ferroviárias e Impacto das Chuvas em Obras Rodoviárias. Veja Mais Voltar

Pré-Requisitos

Por se tratar de um curso multidisciplinar o mesmo pode ser cursado por profissionais e estudantes de todas as áreas do conhecimento.

Certificação

Será emitido certificado de participação no curso para os participantes que tiverem pelo menos 75% de presença.


Receba o programa do curso
Sobre este curso, como: valores, data de início e local de realização, favor preencher e enviar o formulário abaixo:

  • Carga Horária 20 horas
  • Duração 1 final de semana
  • Dias e Horários
    (Aulas em 01 final de semana por mês)
  • Matrículas abertas

Não perca tempo! Torne-se um Especialista de sucesso

Educar, formar e preparar Profissionais dentro das normativas aplicáveis ao ensino superior.