PÓS-GRADUAÇÃO - ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA E MANUTENÇÃO HOSPITALAR - HÍBRIDO Gestão de Infraestrutura e Facilities do Espaço de Saúde

Pós-Graduação - Modalidade: Híbrido
 /   /  Híbrido
COMO FUNCIONA O MODELO DE CURSOS HÍBRIDOS
O termo híbrido diz respeito a algo que seja proveniente da mistura de dois ou mais elementos distintos. No caso do ensino híbrido, esses dois elementos seriam o ensino presencial e o ensino a distância. No caso dos nossos cursos de Especialização, teremos as 08 primeiras aulas online (ao vivo) e as 12 últimas aulas presenciais, com o curso podendo ter duração de até 20 meses.
  • Matrículas abertas
  • Brasília, Foz Do Iguaçu, Goiânia, Salvador, São Paulo

OBJETIVOS

Coordenado pelo Prof. Engenheiro Esp. Fumio Araki, essa Especialização em Engenharia e Manutenção Hospitalar vai capacitar os profissionais e gestores de engenharia, manutenção e arquitetura, que atuam ou pretendem  atuar em instituições de saúde, com apresentações de aulas teóricas e práticas envolvendo as normas técnicas preconizadas pelo Ministério da Saúde e também pela ABNT, de forma a oferecer a máxima segurança aos pacientes, médicos e colaboradores. A capacitação consiste na formação dos profissionais para atuarem de forma segura como gestores responsáveis dessa importante área hospitalar, com conhecimentos sistêmicos dos processos técnicos e administrativos que operam essas instituições.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

O curso de Pós-Graduação de Engenharia e Manutenção Hospitalar, tem como objetivos específicos,  possibilitar que os profissionais responsáveis pela área de engenharia e manutenção hospitalar, estejam capacitados para atuarem com pleno domínio, segurança e conhecimento das seguintes atividades principais e importantes: 

· Conceitos e premissas para elaboração de projetos de arquitetura hospitalar e de projetos de instalações especiais conforme as normas vigentes do ministério da saúde e da ABNT.

· Normas RDC do ministério da saúde e normas ABNT.

· Conceito de sustentabilidade e de certificação ambiental.

· Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde (RSS).

· Áreas: crítica, semicrítica e não crítica de um hospital

· Conceitos principais de administração hospitalar e financeira: indicadores de saúde, investimentos em novas tecnologias, estudo de viabilidade econômico e financeiro de investimentos, estudos de demanda do mercado, custos operacionais, plano diretor, tendências da saúde no brasil, dentre outros.

· Inovações tecnológicas em EASS: equipamentos de diagnósticos por imagens, salas cirúrgicas robotizadas, medicina nuclear, acelerador linear, e outros que evoluem numa velocidade surpreendente.

· Participação da arquitetura, engenharia e manutenção nos programas de controle de infecção hospitalar.

· Participação da arquitetura, engenharia e manutenção hospitalar nos -programas de gestão de qualidade e nos processos de certificação hospitalar: CQH, ONA, JCI, dentre outras.

· Gerenciamento e fiscalização de obras e reformas hospitalares – passo a passo.

· Cronograma físico e financeiro das atividades de obras e reformas.

· Programação de manutenção preditiva, preventiva e corretiva das instalações de infraestrutura predial e de equipamentos médico hospitalares.

· Instalações elétricas, hidrossanitárias, climatização, gases medicinais, e outras. Normas técnicas.

· Controles mensais de consumos de utilidades e de energias: elétrica, hidráulica, gases medicinais, gás de cozinha, etc.

· Controles mensais de despesas de manutenção predial e de equipamentos.

· Dimensionamento correto e adequado da equipe de manutenção predial e de equipamentos.

· Treinamento e capacitação dos colaboradores de engenharia e manutenção hospitalar.

· Metas para melhorias dos indicadores de manutenção corretiva e preventiva. Hoje a manutenção corretiva corresponde a 85% enquanto a manutenção preventiva 15%.

· Controles e monitoramentos para evitar falhas dos equipamentos vitais e das instalações que comprometem a vida dos pacientes: grupos geradores, nobreaks, equipamentos médicos hospitalares, subestações elétricas, casas de máquinas diversas, etc.

· Programas de manutenção preventiva e corretiva das instalações elétricas. Grande parte dos incêndios que ocorrem em hospitais é devido a curto circuitos das instalações elétricas.

· Organograma do departamento de engenharia e manutenção hospitalar com definição de cargos e responsabilidades.

· Gerenciamento, operação e manutenção das instalações de climatização, terceirizados ou próprios. Atendimento de normas específicas para as áreas críticas onde ocorrem procedimentos de alta complexidade.

· Gerenciamento e monitoramento contínuo do uso e consumo dos gases medicinais.

· Gerenciamento e monitoramento contínuo do uso e consumo de energia elétrica e hidráulica.

· Planos de contingências para situações emergenciais: faltas de energia elétrica, de água, de gases medicinais, vazamentos e entupimentos de tubulações, quebra de máquinas das principais centrais (ar condicionado, ar comprimido, vácuo clínico, caldeiras, etc.), curto circuitos, princípio de incêndio.


Deseja receber mais informações sobre este curso?

JUSTIFICATIVA

Capacitar profissionais para suprir a demanda existente nos aproximadamente 6.500 hospitais brasileiros,  que atuam ou queiram atuar como gestores e responsáveis pela área de Engenharia e Manutenção Hospitalar, de forma segura e precisa, com conhecimentos técnicos e administrativos necessários, nessa área de imensa responsabilidade onde há riscos iminentes de falhas nas instalações prediais e de equipamentos, e que podem colocar em risco a vida dos pacientes, além de prejudicar os trabalhos  dos médicos, enfermeiros e colaboradores. Tendo em vista as tendências futuras dos espaços de  saúde no brasil, com a diminuição e o envelhecimento da população até o final desse século, do perfil epidemiológico em constante mutação, além de outros fatores, o curso proporcionará inestimável contribuição aos profissionais do país como um todo.

PÚBLICO ALVO

Engenheiros, Arquitetos, Tecnólogos, e gestores administrativos hospitalares de nível superior, que  possuam seu curso reconhecido pelo Conselho Nacional de Educação.


Clique e Solicite o conteúdo detalhado deste curso

Receba o programa do curso
Para receber informações sobre os valores, data de início, local de realização, favor preencher o formulário abaixo:

Fale com o Coordenador
  • Carga Horária 400 horas
  • Duração 20 meses
  • Dias e Horários
    (Aulas em 01 final de semana por mês)
  • Matrículas abertas
  • Brasília, Foz Do Iguaçu, Goiânia, Salvador, São Paulo

Seja um Especialista em Manutenção de Hospitais e estabelecimentos de saúde Não perca tempo! Torne-se um Profissional de sucesso