Descubra Qual A Diferença Entre Pós-graduação Lato-sensu E Stricto-sensu



qual a diferença entre pós-graduação latu-sensu e stricto-sensu?

Você sabia que existe diferença entre pós-graduação lato-sensu e stricto-sensu? Esses termos são frequentemente confundidos e considerados sinônimos. 

No entanto, existem diversos aspectos que diferem essas duas frentes da pós-graduação e fazem com que elas sejam únicas e direcionadas para pessoas e objetivos diferentes. Confira neste artigo!

Diferença entre pós-graduação lato-sensu e stricto-sensu — conheça as características de cada um!

Saber a diferença entre pós-graduação lato-sensu e stricto-sensu é uma dificuldade que muitas pessoas que estão decidindo no que se especializar possuem. E isso pode impactar diretamente na sua carreira, se a que for escolhida não ser exatamente o que você esperava. 

Por isso, é fundamental saber as especificidades de cada uma delas para conseguir escolher com clareza qual o caminho é mais recomendado para você seguir. 

Conheça as características: 

Pós-graduação lato-sensu

A pós-graduação lato-sensu tem como objetivo proporcionar aos alunos uma atualização e aperfeiçoamento dos seus conhecimentos na área de atuação. Ela é mais voltada para a parte mercadológica.

Após se formar em uma graduação de algum curso em específico, a pós lato-sensu vai oferecer cursos que abordam de maneira mais aprofundada e completa um segmento específico (que nas aulas de graduação foi visto apenas de forma superficial). 

Um exemplo bem simples é a especialização em Plataforma BIM. Quando uma pessoa escolhe fazer um curso, seja ele de engenharia civil, engenharia elétrica, arquitetura, etc, ela pode decidir se especializar em um tema mais específico com uma pós, como a tecnologia BIM.

Além da especialização, dentro da pós-graduação lato-sensu também está o MBA (Master in Business Administration), que é destinado para profissionais que já possuem uma carreira e experiência no mercado de trabalho e querem crescer ainda mais. 

Nos cursos de MBA são ensinados conteúdos mais voltados para gestão e liderança de negócios, abordando temas teóricos e práticos, como planejamento e negociação, além de habilidades comportamentais. 

Os cursos de pós-graduação lato-sensu possuem duração mínima de 360 horas. 

Pós-graduação stricto-sensu

A pós-graduação stricto-sensu é uma especialização recomendada para os candidatos que desejam seguir sua vocação para uma carreira acadêmica, seja ao dar aulas ou no campo de pesquisa. 

Dentro da pós-graduação stricto-sensu, é possível seguir três caminhos distintos, como o mestrado, doutorado e o mestrado profissional:

  • mestrado: curso indicado para quem quer se tornar um professor de Ensino Superior, com duração entre 18 e 24 meses;

  • doutorado: destinado para quem deseja se tornar um pesquisador acadêmico e professor de instituições de Ensino Superior, com duração de até quatro anos;

  • mestrado profissional: ideal para quem gostaria de levar o conhecimento científico ao mercado de trabalho, com duração de até dois anos.

Agora que você já sabe a diferença entre pós-graduação lato-sensu e stricto-sensu, ficou mais fácil decidir qual é a mais ideal para você! 


Siga acompanhando  o blog do INBEC para ler outros conteúdos e se manter informado!